Anedota: Calor alentejano

Um rapaz entra num café e diz em verso:
“Um copinho de aguardenti
Dois copinhos de aguardenti,
As meninas desta terra
Põem a gente muito quenti!”

O pai de uma das meninas, ao ouvir aquilo, disse então também em verso:
“Um copinho de licori
Dois copinhos de licori,
Levas c’um banco nos cornos
Passa-te já o calori!”

Gostou deste artigo? Veja também estes!